Aventuras de Gulliver

Gulliver_PRESO_DSC08549_

cropped-cropped-cropped-logoarticularte_negativo-3.jpgSinopse: Encenado com 21 bonecos e 5 atores, o espetáculo conta duas aventuras fantásticas do clássico “Viagens de Gulliver”, vividas em lugares que só poderiam existir na imaginação, tais como a minúscula cidade de  Lilipute e a gigantesca, Brobdingnag. A encenação usa como fantasia quatro divertidos elementos: terra, fogo, ar e água, – para contar a  fragilidade dos sonhos que podem ser diluídos pela força sutil da natureza. O resultado é um espetáculo panorâmico, grandioso e com intensos níveis de animação, humor e aventura. Todo o texto é rimado com utilização também de Limeriques (veja abaixo no rodapé do Release). Para produzir esta montagem, conquistamos prêmio de Edital Funarte Nacional. Trilha Sonora por Raul Teixeira (somente estreia). Iluminação de Guilherme Bonfanti. => Confira aqui  logo-youtube2  cenas do espetáculo. E veja também o nosso vídeo 15 ANOS DE ARTICULARTE! 
NÃO PERCAM => amanhã, 04/03/17, no Sesc São Carlos – 16 h. Link Sesc.
=> domingo, 05/03/17, Sesc Araraquara – 11h30. Link Sesc.

Histórias sem Fronteiras

0-CARTAZ+eFlyer-Historias-sem-fronteiras3-menor2
A Cia. Articularte está realizando seu novo projeto HISTÓRIAS SEM FRONTEIRAS – para intercâmbio e inclusão de público de refugiados, exilados e imigrantes. Patrocínio do Fomento ao Teatro para a cidade de São Paulo (2016-17). Assista gratuitamente nossos espetáculos, participe de Fóruns, de Vivências e Oficinas de Bonecos. Acompanhe o projeto clicando
AQUI.

Imagem-Unicef-projeta-BrA Cia. Articularte também acabou de participar de um projeto sensível junto à UNICEF, manipulando imagens de sombras com mãos sobre direitos de crianças, adolescentes e públicos vulneráveis: veja aqui o vídeo do Proteja Brasil – e compartilhe para sensibilizar!

Imprensa

A Cia. Articularte participou de um vídeo-projeto sensível junto à UNICEF, manipulando imagens de sombras com mãos – sobre direitos de crianças, adolescentes e públicos vulneráveis: veja aqui o vídeo do Proteja Brasil – e compartilhe para sensibilizar!

Imprensa

Gulliver_albumUOL

Diversas matérias e críticas teatrais já foram publicadas na mídia, sobre nossos espetáculos. Também participamos de vários programas da TV, tais como Serginho Groisman, Ronnie Von, Nickelodeon, Recreio Online, Luciana Gimenez, Eliana, Sonia Abrão, Katia Fonseca – Mulheres, TV Cultura, Rá Tim Bum, Uol TV e Chat, entre outros. Abaixo críticas e matérias de imprensa sobre a qualidade deste nosso espetáculo que está em cartaz itinerante desde sua estreia em 2010.

* Matéria Especial da Revista Crescer: 15 anos da Cia. Articularte
* UOL – Crianças – álbum com 21 fotos.
* Viagem Teatral – SESI – 14 cidades SP.
* FENATA – Crítica Festival Ponta Grossa PR
* Folha-SP Online:estreia e entrevista áudio
* ITU.COM.BR – e Região

* Gulliver vai para Pres. Prudente
* Diário de Sorocaba – SESI – Infantil
* O Palco Santista – SESI – Viagem Teatral
* Gulliver no Sesc – Cia. Articularte
* Agenda Cultural SESI
* Gulliver navega para Bauru
* Jornal Página Zero – Osasco: Viagem  SESI
* Aventuras de Gulliver – Sesc Pompéia.
* Rudge Ramos – São Bernardo do Campo.
* Guia da Semana – Maratona Infantil – MIS
* ABCD – SESC Santo André.
* Difundir – site.
* UOL Celular – Crianças.
* Revista IN – Gulliver – Herói Viajante

* Arteplural – SESC Ipiranga.
* Festival Ponta Grossa PR (meio da página)
* UOL Fotos – álbum de estreia com 35 fotos em destaque nacional.
* ABC do ABC – Sesc São Caetano do Sul. * Pequenos Leitores.

* Salão do Livro em Guarulhos.Click Cultural – site.
* Rádio Jovem Pan online (entrevista áudio).

 

Release

Aventuras de Gulliver_Gulliver_Cel.MorA premiada Cia Articularte apresenta um espetáculo divertido e curioso: as Aventuras de Gulliver é encenado com 21 bonecos de diversos tamanhos e 05 atores-manipuladores. Conta duas aventuras fantásticas do clássico ‘Viagens de Gulliver’, vividas em lugares que só poderiam existir na imaginação. Na primeira parte, Gulliver se salva de um maremoto e acorda amarrado por pequeninos homens do reino de Lilipute. Na segunda viagem, acontece o inverso e Gulliver vai parar em uma terra de homens gigantes, onde terá que usar de toda a sua artimanha para sobreviver e escapar das garras do ciumento Anão. O divertido texto foi totalmente pesquisado e escrito em forma de rimas, provérbios, ditos populares, adivinhas e limeriques (forma poética desenvolvida no Brasil por Tatiana Belinki). O espetáculo usa como fantasia os quatro elementos: terra, fogo, ar e água, para contar os sonhos de um aventureiro, como se fossem esculturas de areia, que podem ser desfeitas pela força sutil da natureza. Para montar o espetáculo, a Cia. Articularte conquistou o prêmio nacional do edital Myriam Muniz – Funarte 2008.

O espetáculo é dividido em duas partes, nas quais a noção dos opostos são a base da encenação: na primeira viagem, no pequeno reino de Lilipute, Guliver é interpretado por um ator e os demais habitantes da cidade são todos bonecos manipulados com a técnica de luvas. Já na segunda parte, tudo se inverte, obedecendo uma ideia de gangorra: o personagem Gulliver passa do ator para o boneco, quando se encontra diante de um mundo de gigantes, onde o herói terá que se cuidar para não ser pisoteado ou estrangulado, principalmente pelo ciumento personagem do Anão, que quer prejudicá-lo por ser uma novidade na corte e no castelo de Brobdingnag.

Na montagem são utilizadas diversas invenções no gênero de teatro de bonecos e formas animadas. Bonecos gigantes de 4 metros de altura por exemplo como a Rainha e a Águia são verdadeiras alegorias para encher os olhos; cordas servem de trilhos para o deslocamento dos bonecos; longos tecidos figuram os mares; e todos os bonecos vestem figurinos elaborados da época das navegações.

As ações do curioso personagem Gulliver vão contra o que se vê atualmente, numa realidade em constante Aventuras de Gulliver_Chuvadesenvolvimento tecnológico, que tende a fixar o homem cada vez mais dentro de casa e de corporações, diante de computadores. Gulliver vai para a rua, para a estrada, navega pelos mares, tudo em busca de novas aventuras, desafios e experiências humanas. ‘’Estamos diante de uma grande aventura panorâmica que tem o propósito de estimular o instinto de curiosidade infantil e do homem. Vemos um personagem ativo que dá o exemplo prático e simples de sair da cadeira, de casa, da tela do computador – para se embrenhar rumo ao desconhecido, ou contra o maior gigante de todos os tempos: o Oceano’’, explica o autor e diretor Dario Uzam.

Gulliver-IMG_0165

O texto da adaptação de Dario Uzam permitiu criar um espetáculo tanto para crianças como para jovens e adultos, pois explora principalmente o instinto de curiosidade humana, a partir da iniciativa de um personagem que proporciona para si mesmo viagens e desafios através de oceanos, mares desconhecidos, mundos distantes e não catalogados. Cenografia e Adereços de Carlos Colabone. Iluminação de Guilherme Bonfanti. A Trilha Sonora pesquisada por Raul Teixeira foi utilizada somente na estreia do espetáculo que aconteceu em 2010 no Sesc Santana. Após a estreia, foi composta nova trilha sonora com pesquisa, edição e autoria de Dario Uzam).
‘’Nesta encenação, o aspecto visual e geral pode ganhar a impressão de uma grande produção. Mas no fundo, todas as estruturas são essencialmente simples, artesanais, como gostamos de criar e elaborar tanto os nossos espetáculos, como bonecos e formas animadas. Basta um segundo olhar para perceber que tudo está sempre ao alcance de jogos e brincadeiras infantis, compostos com tecidos, cabos de vassoura, canos de plástico, guarda-chuva, guarda-sol, cestas de crianças, entre outros elementos e adereços amigáveis ao universo infantil’’, completa Dario Uzam.

(*) Limeriques são um tipo de poema bem curto. Eles falam de coisas malucas e têm sempre cinco versos. A primeira, a segunda e a quinta linhas terminam com a mesma rima. Já a terceira e a quarta são mais curtas e rimam diferentes das outras. Ninguém sabe direito como eles surgiram, mas começaram a fazer sucesso quando um inglês barbudo, gordinho e narigudo, chamado Edward Lear, passou a escrever limeriques. No Brasil, a escritora Tatiana Belinky publicou diversos livros explorando e desenvolvendo essa forma. Fonte: Recreio online.
Fotos em Alta Resolução.
Crédito para o fotógrafo João Valério:
GulliverCel     Gulliver_PRESO_DSC08549_     Gulliver-IMG_0535     Aventuras de Gulliver_Chuva
Para baixar: clique na foto…irá ampliar…salvar como.
Ficha Técnica
Texto e Direção: Dario Uzam.
Elenco: Renato Bego, Surley Valério, Camila Lobo, William Lobo, Roberta Turro.
Trilha sonora: Raul Teixeira (somente estreia). Depois, Trilha por Dario Uzam.
Iluminação: Guilherme Bonfanti.
Cenografia e Figurinos: Carlos Colabone.
Bonecos: Surley Valério.
Duração: 50 minutos. Indicação: crianças e adultos acima de 3 anos de idade.
Produção: Prêmio Funarte – Myriam Muniz e Cia. Articularte – 2010.
 
(c) 2016

facebook-logofblike-logo

botao_topo